Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

TC.F Informação

A Ilha Graciosa está aqui!

TC.F Informação

22
Set17

7 milhões de investimento

TC.F Informação

171447.jpg

 

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas afirmou hoje, na Graciosa, que estão em curso nesta ilha investimentos de cerca de sete milhões de euros no setor agrícola, que visam tornar as explorações mais competitivas, contribuir para aumentar o rendimento dos agricultores, afirmar e desenvolver a agricultura na ilha.
“O Governo Regional tem, neste momento, investimentos a decorrer na ilha Graciosa com um valor de despesa de cerca de sete milhões de euros”, salientou João Ponte, em declarações no final de uma reunião com as direções da Associação dos Agricultores da Ilha Graciosa e da Associação de Jovens Agricultores Graciosenses.
João Ponte adiantou que os investimentos em curso abrangem três áreas muito diferentes, como é o caso da modernização das infraestruturas públicas, nomeadamente o melhoramento de caminhos agrícolas e o abastecimento de água, o reforço da rede regional de abate e da capacidade produtiva.
“(Os caminhos e o abastecimento de água na Graciosa) são investimentos essenciais, de 500 mil euros, que têm como objetivo aumentar a competitividade das explorações, através da redução de custos e da melhoria das condições de trabalho”, considerou João Ponte, acrescentando que o Plano e Orçamento para 2018 vai refletir a política do Executivo de prosseguir com investimentos de modernização das infraestruturas agrícolas.
João Ponte destacou também que está em curso na Graciosa a construção de um novo matadouro, salientando que se trata de uma “infraestrutura moderna, que vem dar novas oportunidades à ilha no que se refere ao abate de animais, tendo em vista a exportação”.
Nos últimos anos, disse o governante, houve uma grande inversão ao nível da exportação, passando de gado vivo para gado em carcaça, o que se traduz “em mais valias para o setor e para o rendimento dos agricultores”.
Outro dos investimentos em curso que vai reforçar a capacidade produtiva na ilha ao nível do vinho, meloa, alho e mel é a obra da Adega e Cooperativa da Ilha Graciosa, tendo João Ponte anunciado que o Governo, em colaboração com a cooperativa e as associações agrícolas, está a trabalhar para reforçar o quadro técnico na ilha, através da contratação de técnicos superiores na área da medicina veterinária e da agropecuária.
Nesse sentido, o Secretário Regional afirmou esperar que “a breve trecho” seja possível dotar a ilha Graciosa com estes dois novos técnicos superiores, de modo a tornar as explorações “ainda mais competitivas e preparadas para vencer os desafios da agricultura no futuro”.

SOM 1

SOM 2

SOM 3

GaCS/RM