Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

TC.F Informação

A Ilha Graciosa está aqui!

TC.F Informação

27
Mai17

Mês do coração - C/Vídeo

TC.F Informação

usig.png

 

Unidade de Saúde da Ilha Graciosa volta a organizar torneio.

"Cuide de si, pela sua saúde" é este o lema do Núcleo de Doenças CardioVasculares da Unidade de Saúde da Ilha Graciosa para o torneio que, uma vez mais, organizou.

Junta-se o desporto ao rastreio e o que é que dá? Uma tarde bem passada e com muita saúde, são esses os propósitos desta iniciativa que já vai no seu terceiro ano de organização.

O Pavilhão Municipal voltou a acolher diversas equipas de futebol de salão que aceitaram o desafio da organização para analisar o seu estado de saúde e ainda dar uns pontapés na bola.

Mulheres e Homens, todos foram chamados para este dia que se quer saudável.

Diana Silva, enfermeira na Unidade de Saúde e organizadora do evento, apelou a todos os participantes e aos graciosenses que façam uma dieta equilibrada.

Quanto aos números de participantes só se regista um decréscimo nos elementos femininos.

Para Diana Silva, o caminho de cuidar do coração deve ser feito todo o ano e não só no mês de maio.

Porque saúde é também equilíbrio na alimentação, Sofia Rocha, Nutricionista da Unidade de Saúde da Ilha Graciosa referiu que, de um ano para o outro os números não se alteram muito no que aos índices de massa corporal diz respeito.

Para a Nutricionista o desporto deve ser tido em conta para manter uma vida ativa e saudável, podendo ser feito todo o ano e não só em momentos sazonais.

Ao longo do ano o Gabinete de Nutrição está sempre disponível para ajudar a todos aqueles que necessitam de ajuda, podendo também ser uma forma de motivar ainda mais as pessoas.

No fim, ganha a amizade e saúde!

grwmeo.png

Opte sempre por ver em HD

 

27
Mai17

Preocupação partilhada

TC.F Informação

Foto de GPPS Deputado Jose Avila.jpg

 

A perda de rendimentos por parte dos pescadores é uma das questões que preocupa os deputados do Grupo Parlamentar do Partido Socialista. A situação esteve em debate, esta sexta-feira, na Comissão de Economia a propósito de uma petição sobre o estado das pescas Açorianas. “Há uma grande perda de rendimento associada às capturas de pelágicos, sobretudo os grandes pelágicos, que afeta algumas ilhas, nomeadamente São Miguel”, explicou o deputado José Ávila à margem da reunião.

De acordo com José Ávila, “percebeu-se que houve uma redução abrupta de rendimento dos pescadores devido aos pelágicos, o que quer dizer que ficou identificada a grande causa deste problema, que também nos preocupa muito. Acresce a este facto a diminuição da captura da lula e dos pequenos pelágicos, como o chicharro, e a própria redução da quota do goraz, espécie fundamental na economia desta fileira na Região”.

Em relação à possibilidade de se realizar uma paragem biológica, apoiada pelo Fundo Europeu dos Assuntos do Mar e das Pescas, para o Partido Socialista esta opção poderá trazer outros problemas nomeadamente ao nível da “gestão das quotas e pelo facto de se ter de parar toda a frota da Região, o que ia afetar de uma maneira insustentável todo o setor”.

José Ávila sublinha a importância de uma distribuição justa de rendimentos pelos vários profissionais das pescas e defende a necessidade de se acompanhar quer a situação financeira dos pescadores, quer a gestão dos recursos existentes e, tal como tem sido feito pelo executivo socialista, encontrar as melhores soluções para apoiar pescadores e tornar o setor mais rentável e sustentável”.

 

fonte: PS-Açores