Terça-feira, 27.06.17

Prevenção acima de tudo

carlamedeiros.jpg

 

A Diretora Regional de Prevenção e Combate às Dependências afirmou hoje, em Santa Cruz da Graciosa, que os comportamentos e as políticas de promoção e de prevenção da saúde são mais eficazes do que os comportamentos e as políticas de remediação.
“Pretendemos colocar a tónica no conceito 'escutar antes de agir'. Escutar os jovens será o primeiro passo na promoção do seu desenvolvimento saudável e em segurança” frisou Suzete Frias, um lema que está alinhado com a campanha mundial lançada pela ONU em 2016 subordinada ao tema 'Escute primeiro –Listen first'.
Suzete Frias falava à margem de uma ação de formação da equipa multidisciplinar de intervenção em comportamentos aditivos e dependências da Unidade de Saúde de Ilha (USI) da Graciosa, realizada no âmbito do Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico Ilícito de Drogas.
Esta iniciativa enquadra-se na estratégia da Direção Regional de proximidade e alargamento a todas as ilhas da consulta de acompanhamento dos utentes com comportamentos aditivos e dependências.
A USI Graciosa pretende, desta forma, sensibilizar a população para os fatores de risco e de proteção no uso e abuso de substâncias psicoativas.
“A comunidade em geral pode ter uma influência positiva no estabelecimento nos jovens de um sentimento de pertença, tornando-os menos vulneráveis aos comportamentos de risco”, frisou a Diretora Regional.
O Dia Internacional contra o Abuso e Tráfico e Ilícito de Drogas é também assinalado hoje na Graciosa com a realização de um Café Concerto, na Sociedade Filarmónica União Praiense.


GaCS/MS

foto: Carla Medeiros

publicado por TC.F Informação às 13:29 | link do post

Férias na Caldeira

ferias.png

 

O Parque Natural da Graciosa vai promover, gratuitamente, de 1 a 31 de julho, as “Férias na Caldeira”, atividades lúdicas destinadas a crianças a partir dos 6 anos, tais como, jogos, puzzles, peddy papers e atividades experimentais sobre vulcões.

As ações decorrerão no Monumento Natural da Caldeira e no Centro de Visitantes da Furna do Enxofre, sendo que cada uma terá a duração aproximada de 1 a 2 horas e estarão disponíveis mediante marcação prévia, a título individual ou em grupo organizado.

Para marcações ou mais informações, poderá contactar o Parque Natural, através de parque.natural.graciosa@azores.gov.pt ou 295 714 009.

 

fonte: Parque Natural da Ilha Graciosa

publicado por TC.F Informação às 13:25 | link do post
Segunda-feira, 26.06.17

Um Perigoso Leitor de Jornais, é apresentado dia 4

Capa[1761].jpg

Carlos Tomé apresenta o seu mais recente livro.

A vida de um pacato carteiro começou a mudar num dia frio e chuvoso de 1937 no exato momento em que notou algo de estranho na correspondência que entregava numa casa da Rua d´Água, em Ponta Delgada.

Esse é o pano de fundo do mais recente livro de Carlos Tomé, neto do carteiro à volta do qual o escritor romanceia um acontecimento que abalou Ponta Delgada, mas a que os jornais locais não dedicaram uma linha sequer, amordaçados que estavam pela censura do Estado Novo salazarista.

“Um Perigoso Leitor de Jornais” é o título do romance, numa alusão irónica ao facto de a principal personagem, o carteiro sempre ávido de conhecimento e, por isso, incansável consumidor de tudo quanto se publicava na imprensa, ter sido preso e degredado sem nunca ter feito mais do que, exatamente, ler jornais.

“Um “Perigoso Leitor de Jornais”, com chancela da Artes e Letras, será lançado no próximo dia 4 de julho, às 21h00, no Multiusos da Ilha Graciosa, com apresentação de Manuel Jorge Lobão.

publicado por TC.F Informação às 14:09 | link do post
Domingo, 25.06.17

Dia Internacional da Luta Contra as Drogas

thumb.jpg

 

USI da Graciosa promove café concerto.

A Sociedade FIlarmónica União Praiense será palco, amanhã dia 26 de junho, pelas 20h30 de um café concerto organizado pela Unidade de Saúde da Ilha Graciosa que, tem como objetivo celebrar o Dia Internacional da Luta Contra o Uso e Tráfico Ilícito de Drogas.

O evento contará com a presença da Diretora Regional da Prevenção e Combate às Dependências, Drª Suzete Frias e ainda da Enfermeira Fabiana Rodrigues.

A entrada é livre.

publicado por TC.F Informação às 13:11 | link do post
Quinta-feira, 22.06.17

Onda Jovem viajam até São Miguel

ondajovem.jpg

 

Conjunto da Ilha Graciosa participa nas festas da Lomba da Fazenda.

Já não é a primeira vez que o conjunto musical "Onda Jovem", da Ilha Graciosa viaja até São Miguel para participar em eventos profanos de localidades daquela Ilha mas, também junta-se viagens a outras ilhas dos Açores onde este conjunto tem sido muito acarinhado.

Marco Nuno Silva, Marco Paulo Bettencourt, Fábio Bettencourt, Diogo Espinola e Simão Melo, vão atuar amanhã, dia 23 de junho pelas 22h30 e novamente no sábado no dia 24, pela mesma hora junto ao Império de São João e Conceição na Lomba da Fazenda.

imperio.jpg

 

publicado por TC.F Informação às 21:01 | link do post
Quarta-feira, 21.06.17

Voto secular

_MG_2106[1559].jpg

 

Ricardo Ramalho apresenta voto de congratulação.

 

Senhora Presidente da Assembleia
Senhoras e Senhores Deputados
Senhor Presidente do Governo
Senhoras e Senhores Membros do Governo

 

Comemorou-se no passado mês de maio, mais concretamente no dia 24, o terceiro centenário da Procissão de Penitência e Ação de Graças de Nossa Senhora de Guadalupe ao Monte da Nossa Senhora da Ajuda, na ilha Graciosa.
Segundo reza a história, esta procissão esteve o seu inicio no longínquo ano de 1717 e a sua organização esteve intimamente relacionada com uma crise sísmica que devastou principalmente o lado norte desta ilha.
Segundo os relatos, a violência dos abalos provocou muita destruição, nas frágeis construções da época, ficando muitas famílias sem teto obrigando muitas pessoas a dormir ao relento ou então a recorrer a pipas cortadas a meio e a carros de bois para passar as noites.
O fato de nesse ano a Igreja Paroquial de Nossa Senhora de Guadalupe se encontrar em construção ajudou também à implementação desta manifestação de fé que se realiza sempre no dia 24 de maio há precisamente trezentos anos consecutivos.
A cada ano, logo pela manhã, a população graciosense dirige-se até à freguesia de Guadalupe onde é celebrada a primeira missa na Igreja Paroquial.
Logo de seguida, inicia-se o cortejo, com cerca de 10 quilómetros no total, em direção ao cimo do Monte da Ajuda.
Alcançada a vizinha freguesia de Santa Cruz, são percorridas algumas das suas artérias, entre silêncios, cânticos e orações os peregrinos celebram a segunda missa quando é alcançado o topo do Monte da Ajuda. Terminado a missa campal é tempo de fazer o percurso inverso.
Na origem deste voto multissecular, o povo prometeu organizar a procissão sempre num dia de trabalho, razão pela qual, trezentos anos depois, a mesma não se realiza aos domingos e dias feriados pois na altura era tradição cada pessoa dar um dia de trabalho.
Considerando o profundo significado religioso de que se reveste a Procissão de Penitência e Ação de Graças de Nossa Senhora de Guadalupe ao Monte de Nossa Senhora da Ajuda é hábito ser concedida tolerância de ponto aos trabalhadores da administração pública regional e local cujos serviços estejam sedeados na ilha Graciosa.
Assim, nos termos regimentais aplicáveis, o Grupo Parlamentar do Partido Socialista propõe que a Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, reunida em plenário de junho, emita o seguinte Voto de Congratulação.
A Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, congratula o povo graciosense pelas comemorações do terceiro centenário da Procissão de Penitência e Ação de Graças de Nossa Senhora de Guadalupe ao Monte de Nossa Senhora da Ajuda.
Do presente voto deve ser dado conhecimento à Diocese de Angra, à Ouvidoria da Graciosa, às Paróquias de Nossa Senhora de Guadalupe e Santa Cruz, Câmara e Assembleia Municipal de Santa Cruz da Graciosa.

Horta, Sala das Sessões, 21 de junho de 2017.

O Deputado Regional,

Ricardo Ramalho

publicado por TC.F Informação às 17:24 | link do post

Antecipar a imunidade - C/Som

IMAGEM.jpg

 

A Diretora Regional dos Recursos Florestais, Anabela Isidoro, anunciou que cerca de 70% das populações de coelho-bravo na Terceira e 40% em São Miguel e Graciosa já adquiriram imunidade contra a nova variante do vírus da Doença Hemorrágica Viral.

“Estes dados recolhidos dão-nos boas notícias”, afirmou Anabela Isidoro, que participou, na terça-feira à noite, na ilha das Flores na apresentação pública dos resultados do um estudo efetuado nas ilhas de São Miguel, Terceira e Graciosa denominado “Monitorização da DHV2 nas populações de coelho-bravo nos Açores”.

A nova variante do vírus da Doença Hemorrágica Viral, identificada em França em 2010 e que em 2012/13 desencadeou um surto no continente português, com uma elevada taxa de mortalidade, chegou aos Açores em novembro de 2014, tendo sido a Graciosa a primeira ilha a ser afetada.

Anabela Isidoro referiu que o estudo agora apresentado foi feito com base em recolha de coelhos, em dezembro de 2016 com a colaboração dos caçadores, tendo permitido fazer uma comparação com dados referentes a 2015.

“Os serviços têm estado a fazer um acompanhamento mensal das populações de colho-bravo em todas as ilhas”, garantiu Anabela Isidoro.

Já em Maio o Secretário Regional da Agricultura e Florestas, João Ponte, havia dito que os Açores mantém uma monitorização regular à febre hemorrágica nos coelhos, salientando que a resolução da situação é lenta e exige acompanhamento permanente.

Relativamente à ilha das Flores, esta nova variante foi o primeiro caso de vírus ou parasita que pela primeira vez atingiu a população de coelho-bravo da ilha, pelo que a afetou de forma drástica no início de 2015. A monitorização regular que se está a fazer em todas as ilhas permitiu detetar nos meses de março e abril 6 coelhos mortos nas Flores, que foram recolhidos e enviados para análise. Os dados conjugados dos resultados destas análises e dos censos mensais permitiram agora verificar que a população de coelho-bravo nas Flores sofreu um novo surto de DHV2, que entretanto já terá terminado, apesar de o vírus se manter sempre presente nas ilhas.

A Diretora Regional explicou, de acordo com os investigadores, trata-se da nova variante da doença, que é muito agressiva, sem vacinação eficaz nos coelhos-bravos e que os repovoamentos são de todo desaconselháveis, pois iriam promover uma maior dificuldade ao nível da capacidade da população local de coelhos criarem defesas naturais contra o vírus.

“Aquilo que se poderá fazer é esperar, deixar a população que existe descansar e recuperar por si só”, salientou Anabela Isidoro, acrescentando que a situação está a ser acompanhada pelos Serviços Florestais, em colaboração com especialistas do CIBIO-UP.

Na quinta-feira, decorre em Ponta Delgada, uma nova apresentação pública do estudo, evento que conta com a presença de 2 investigadores do Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos da Universidade do Porto, os Professores Doutores Pedro Esteves e David Gonçalves, bem como do técnico da Direção Regional de Recursos Florestais, engenheiro Manuel Leitão.

SOM 1

SOM 2

SOM 3
GaCS/RM

publicado por TC.F Informação às 16:24 | link do post
Segunda-feira, 19.06.17

Festa de Nossa Senhora da Guia - Cartaz

nossasenhora da guia.jpg

 

publicado por TC.F Informação às 13:03 | link do post
Domingo, 18.06.17

Junta de Santa Cruz torna público a tristeza dos santa cruzenses

juntaluto.jpg

 

Comunicado foi publicado na rede social daquela Junta.

A tragédia nacional a ocorrer desde o dia de ontem não passou ao lado da Junta de Freguesia de Santa Cruz da Graciosa e por isso mesmo, através da rede social facebook, Paulo Cunha (Presidente), endereçou os pêsames de todos os santa cruzenses pelo sucedido.

Fique com a nota públicada:

 

Neste momento de grande dor nacional o Presidente da Junta de Freguesia de Santa Cruz torna público os pêsames e transtorno de todos os Santa Cruzenses para com os nossos irmãos de Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera vítimas do grande incêndio iniciado ontem.
Este é um momento de unificação de todos os esforços para que juntos ultrapassemos este momento aflitivo.
O Sr. Presidente da Junta de Freguesia quer, também em nome de todos endereçar as maiores forças às unidades de combate deste e de outros incêndios que ocorrem no nosso país.
Um abraço da Vila de Santa Cruz da Graciosa

 

Neste momento o número de vítimas mortais ascende a 62, sendo que existem muitos outros portugueses feridos, uns em estado grave.

O incêndio iniciado em Pedrógão Grande teve origem numa trovoada "seca" que, queimou uma das árvores, juntando-se a isto o forte calor, vento e a ausência de humidade, muito rapidamente o fogo propagou-se tendo surpreendido muitos dos que circulavam na estrada nacional entre a localidade de Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pera, tendo-se registado nesse local o número oficialmente conhecido de vítimas mortais.

Os bombeiros ainda combatem o incêndio.

publicado por TC.F Informação às 19:22 | link do post
Sexta-feira, 16.06.17

Está aberta a sondagem!

candidatos.jpg

TC.F Informação abre espaço para a recolha de opinião dos leitores.

As eleições autárquicas são em outubro de 2017, mais concretamente no dia 01 e já se conhecem os candidatos pelo Partido Socialista e pelo Partido Social Democrata.

Manuel Avelar recandidata-se ao último mandato pelo PS, enquanto que António Reis, atual vereador social-democrata, avança pela primeira vez ao cargo de Presidente pelo PSD.

As opiniões parecem estar muito divididas pelo eleitorado graciosense e por isso mesmo queremos saber a sua opinião. Queremos saber quem acha que vai acabar por conquistar o lugar de Presidente da Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa.

A pergunta é muito clara, "Quem acha que vai vencer a Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa?", sendo também as respostas muito específicas, "Manuel Avelar - PS" e, "António Reis - PSD".

A sondagem estará sempre no topo direito da nossa página para que possa deixar a sua opinião. A sondagem terá uma duração de 2 meses, ou seja terá o seu término no dia 16 de agosto.

Contamos com a sua opinião e partilha desta sondagem. Recordamos que esta sondagem será meramente, de consulta não refletindo a real opinião dos eleitores graciosenses.

 

Através deste post, poderá votar aqui!

publicado por TC.F Informação às 20:08 | link do post

Projetos na Praia - C/Video

DSC00512.JPG

 

No terceiro episódio do Graciosa'17, fomos até à freguesia de São Mateus.

Em 2013, Manuel José Ramos candidatava-se, pela primeira vez à presidência da Junta de Freguesia de São Mateus e por dentro de algumas das promessas destacava-se diversas intervenções no Parque de Campismo do Pinheiro e a recuperação do areal da Praia.

Volvidos quatro anos fomos até à freguesia de São Mateus saber se as principais obras prometidas tinham sido realizadas e até que ponto isso contribuiu para a vida de quem ali vive.

Fique com a reportagem realizada.

grwmeo.png

Opte sempre por ver em HD

 

publicado por TC.F Informação às 17:55 | link do post

Festival de Sopas - Cartaz

sopas2.jpg

 

Agrupamento de Escuteiros de Santa Cruz realiza primeiro festival de sopas.

Será amanhã (dia 17 de junho), pelas 20h00 no Pavilhão Multiusos em Santa Cruz da Graciosa que o Agrupamento da Vila de Santa Cruz da Graciosa irá realizar o seu primeiro Festival de Sopas.

No Festival existirá uma vasta variedade de sopas e por 3€ poderá provar as que quiser.

Não estão incluídas das bebidas.

sopas.png

 

publicado por TC.F Informação às 10:15 | link do post
Quarta-feira, 14.06.17

Visita Estatutária | 24 medidas para a Graciosa

coinselho2.jpg

 

O Conselho do Governo, reunido a 13 de junho, em Santa Cruz da Graciosa, deliberou:

 

  1. Promover, na ilha Graciosa, a realização de novos cursos de Aquisição Básica de Competências, através da Rede Valorizar, um serviço criado pelo Governo dos Açores com o objetivo de assegurar a todos os cidadãos uma oportunidade de qualificação e certificação de nível básico, secundário e/ou profissional, quer pela via da certificação de competência adquiridas, quer pelo encaminhamento para ofertas formativas.

 

  1. Aprovar a realização pelo Centro Regional de Apoio ao Artesanato, na ilha Graciosa, de uma formação em 'Patchwork' com a artesã Salomé Vieira, de 9 a 21 de outubro, com a duração de 40 horas.

Pretende-se não só reforçar a capacidade para a criação de novos produtos baseados nos recursos naturais, valorizando as matérias-primas existentes em cada ilha, mas também fomentar a aproximação a padrões de sustentabilidade mais equilibrados.

 

  1. Aprovar a realização de um conjunto de workshops em setembro, no seguimento da apresentação do projeto Raízes Pedagógicas, pelo Centro Regional de Apoio ao Artesanato, em parceria com o Museu da Graciosa, na área de cerâmica para adultos e para o público escolar.

 

Os workshops serão ministrados pela ceramista Maria Pedro Olaio e têm em vista despertar o interesse por novas aprendizagens e, consequentemente, pela aplicação das técnicas em vários contextos, nomeadamente no escolar.

 

  1. Atribuir ao Centro Social e Paroquial de Nossa Senhora da Luz a verba de cerca 27 mil euros no âmbito da atividade desta instituição enquanto entidade parceira e cooperante do Polo Local de Prevenção e Combate à Violência Doméstica da Ilha Graciosa.

 

Esta medida possibilita dar continuidade nesta ilha a uma estrutura de apoio e suporte imediato às vítimas de violência doméstica, bem com a dinamização de ações de sensibilização e prevenção deste fenómeno no âmbito do II Plano de Prevenção e Combate à Violência Doméstica e de Género.

 

  1. Autorizar a celebração de um contrato ARAAL entre a Região e a Câmara Municipal de Santa Cruz da Graciosa, no valor de 100 mil euros, visando o apoio à reabilitação de 10 habitações degradadas.

 

Esta medida visa dar mais um contributo para a recuperação de habitações na ilha Graciosa, quer na vertente da reabilitação urbana, quer na vertente de fixação de população nos locais de origem.

 

  1. Autorizar o lançamento de concurso público para atribuição de três habitações de tipologia T3, em regime de arrendamento com opção de compra, uma no loteamento das Dores, em Santa Cruz da Graciosa, uma no Loteamento da Terça, em Santa Cruz das Flores e uma no Loteamento dos Flamengos, na Horta, ilha do Faial.

 

Este concurso é especialmente dirigido aos agregados familiares jovens açorianos com algum poder de compra, que ainda não conseguem obter financiamento junto da banca para adquirir uma habitação própria, como é seu legitimo desejo.

 

Trata-se de uma medida que irá permitir a fixação de jovens casais na ilha de origem.

 

Este tipo concurso vem reforçar o apoio disponibilizado regularmente pelo Governo dos Açores, todos os anos, destinado à construção e aquisição de habitação própria.

 

Com esta medida o Governo dos Açores dá inicio ao cumprimento da proposta do Programa do Governo, nomeadamente o lançamento de concurso para arrendamento com opção de compra para mais de 50 fogos no segundo semestre de 2017.

 

  1. Atribuir à Associação dos Pescadores Graciosenses um apoio no valor de 53 mil euros para apoio ao seu funcionamento e desenvolvimento de atividade.

 

  1. Autorizar a SATA Gestão de Aeródromos a lançar o concurso para o fornecimento e montagem da nova vedação do Aeródromo da Graciosa, tendo em conta que a atual se encontra estado avançado de degradação.

 

O concurso terá um preço base de 195 mil euros e um prazo de execução de 120 dias.

conselho.jpg

 

 

  1. Autorizar a SATA Gestão de Aeródromos a lançar o concurso para a contratação da empreitada de construção do reservatório de água para reforço do abastecimento ao Aeródromo da Graciosa, com o preço base de 270 mil euros e um prazo de execução de 300 dias.

 

  1. Autorizar a elaboração, em 2017, do projeto de execução para o alargamento do Caminho da Igreja, junto ao clube do Guadalupe, proporcionando o aumento da capacidade de estacionamento naquela via.

 

Esta intervenção está estimada em cerca de 100 mil euros.

 

  1. Autorizar o lançamento de empreitada, em regime simplificado, da reabilitação e alargamento da Estrada Regional n.º 1-2.ª, nos Terreiros.

 

A empreitada prevê o reperfilamento dos muros de limite existentes em pedra seca, visando proporcionar a uma zona de franco crescimento comercial melhores condições de estacionamento e segurança a quem circula na via pública.

 

Tem um valor base superior a 25 mil euros.

 

  1. Autorizar o lançamento da empreitada de intervenção na Rua do Ilhéu.

 

Esta intervenção prevê a requalificação de arruamentos, incluindo ciclovia, passeios, faixa de rodagem, sinalização e mobiliário urbano, além da  valorização e renaturalização de áreas verdes e construção de infraestruturas elétricas e iluminação pública.

 

Tem um valor base superior a 200 mil euros.

 

  1. Autorizar o desenvolvimento de um plano de ação para reforço das condições de proteção, segurança e usufruto da Reserva Natural do Ilhéu da Praia.

 

Este plano definirá a regulamentação de acesso a esta Reserva Natural de forma a assegurar a visitação de forma organizada, compatibilizando a fruição e conservação dos valores ecológicos, geológicos e paisagísticos desta área protegida.

 

O acesso à Reserva Natural deve considerar uma capacidade máxima de carga compatível com o respetivo estatuto de proteção e com a nidificação das aves marinhas que aí ocorre, sendo que a visitação deve ser feita em trilho específico e, necessariamente, com o acompanhamento de guia certificado pela Direção Regional do Ambiente.

 

  1. Promover, em articulação com as organizações de produtores da ilha Graciosa, a aquisição de equipamento com vista a reforçar a capacidade de realização das operações de ensilagem de milho, de modo a corresponder às solicitações dos produtores.

 

Com esta medida garantem-se as operações de colheita num prazo de tempo mais curto, com benefícios na qualidade da silagem, que se traduzirá em vantagens nas produções de leite e de carne dos agricultores graciosenses. 

 

  1. Apoiar a Adega e Cooperativa Agrícola da Ilha Graciosa, nomeadamente na criação de um corpo técnico de apoio à gestão, com vista a assegurar sua viabilidade e sustentabilidade.

 

  1. Proceder à construção do Miradouro do Carapacho, no Caminho Florestal da Caldeira, no âmbito das ações previstas no Plano de Gestão do Perímetro Florestal da Graciosa.

 

  1. Proceder à instalação de um Posto SNIRA - Sistema Nacional de Informação e Registo Animal, em colaboração com as Associações de Agricultores, no edifício daquelas associações no Barro Branco, freguesia da Guadalupe, no âmbito da política de proximidade aos agricultores que o Governo dos Açores tem vindo a promover.

 

  1. Apoiar a Associação de Agricultores da Graciosa, nomeadamente em dotar o seu corpo técnico com um Médico Veterinário, com vista a assegurar um melhor acompanhamento técnico às explorações agrícolas da ilha Graciosa.

 

  1. Apoiar a Associação Equestre Graciosense, nomeadamente na reabilitação das instalações do picadeiro António Maria da Cunha.

 

  1. Proceder à conservação, manutenção e limpeza de cerca de 20 quilómetros de caminhos rurais e florestais, facilitando o acesso às explorações agropecuárias da ilha Graciosa.

 

  1. Dar orientações à IROA para prosseguir com o processo de requalificação e ampliação das redes de abastecimento de água e caminhos, contribuindo para a melhoria progressiva das condições de trabalho dos produtores agrícolas da ilha Graciosa.

 

  1. Apoiar a participação dos alunos da Escola Básica e Secundária da Graciosa em todas as fases do programa Parlamento dos Jovens.

 

Este programa inicia-se em outubro de 2017 e culminará com a Sessão Regional, a ocorrer na Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores, na Horta, no primeiro semestre de 2018, com a participação de dois alunos e um professor.

 

  1. Apoiar a participação de dois representantes da Associação Juvenil da Graciosa no Encontro Regional de Associações de Juventude.

 

  1. Apoiar os alunos e professores da Escola Básica e Secundária de Santa Cruz da Graciosa para participarem na oitava edição do projeto ‘Educação Empreendedora: O Caminho do Sucesso!’, que terá início em setembro de 2017, apoiando os docentes para formação de aprofundamento e inicial e promovendo duas visitas de acompanhamento pela equipa responsável pelo projeto e a participação no Concurso Regional IdeiAçores.

SOM

publicado por TC.F Informação às 17:39 | link do post

Visita Estatutária | Apoio social à Habitação

contrato1.jpg

 

A Secretária Regional da Solidariedade Social defendeu hoje, em Santa Cruz da Graciosa, que o investimento do Governo dos Açores na recuperação de habitação degradada é também um importante estímulo demográfico, constituindo um “aspeto essencial e determinante no domínio da coesão social e territorial”.
“Há duas vertentes que são essenciais, por um lado garantir às famílias as condições de segurança e salubridade nas suas habitações e, por outro, garantir que o parque habitacional de cada uma das ilhas da Região é recuperado e mantido”, frisou Andreia Cardoso.

19179475_10158776749905534_1986687111_o (1).jpg

A titular da pasta da Solidariedade Social, que falava à margem de uma cerimónia de autorização de apoios à recuperação de habitação degradada, salientou ainda que os apoios concedidos para reabilitação e construção de habitação, além do impacto que têm nas famílias, são um importante contributo para as empresas locais de construção, defendendo que o recurso a empresas regionais devidamente coletadas, que paguem os seus impostos e criem postos de trabalho, é uma medida gerador de riqueza.

19204799_10158776750465534_905457630_o.jpg

Na cerimónia hoje realizada, considerando os 10 apoios atribuídos diretamente às famílias, que abrangem agregados familiares das quatro freguesias do concelho, e os quatro apoios protocolados com as juntas de freguesia de Santa Cruz e Guadalupe, o investimento público atribuído na área da habitação nesta visita estatutária à ilha Graciosa é superior a 260 mil euros.

SOM
GaCS/SC

publicado por TC.F Informação às 15:48 | link do post

Visita Estatutária | Adega quase a inaugurar

adega2.jpg

 

O Presidente do Governo afirmou hoje, em Santa Cruz, que investimentos como as novas instalações da Adega Cooperativa da Ilha Graciosa integram-se na estratégia regional de dotar as ilhas do arquipélago com as condições necessárias para que possam criar cada vez mais emprego e gerar mais riqueza.
Vasco Cordeiro falava aos jornalistas após ter visitado as obras de remodelação e ampliação, que estão já na sua fase final, num investimento global de cerca de 1,4 milhões de euros apoiado pelo ProRural.

adega1.jpg

Estas novas instalações incluem áreas específicas para a produção de vinho, mas também para o tratamento de meloa, mel e alho.
Vasco Cordeiro salientou que a estratégia do Governo dos Açores prevê, assim, a criação e o apoio a infraestruturas que podem, “não apenas rentabilizar a produção endógena da ilha, mas também a capacidade de transformação para a criação de valor acrescentado e de emprego”.
Nesse sentido, o Presidente do Governo apontou a construção em curso do novo Matadouro da Graciosa e o protocolo assinado terça-feira com o Instituto Português de Reumatologia para a inclusão da componente medicinal nas Termas do Carapacho como exemplos que, entre outros, se enquadram nesta estratégia.

adega3.jpg

“É por aí que passa, também, esta estratégia de criação de condições, desde logo ao nível económico, para a criação de riqueza e de emprego na ilha”, destacou Vasco Cordeiro, ao anunciar que o Conselho do Governo, que se reuniu na terça-feira à noite em Santa Cruz, tomou deliberações relativamente ao apoio técnico a conceder à Adega e à Cooperativa.
“Não será por falta de apoio do Governo que deixará de haver um quadro técnico aqui na Cooperativa da Graciosa”, assegurou Vasco Cordeiro.

SOM
GaCS/PC

publicado por TC.F Informação às 13:28 | link do post
bike trails
grwmeo.png
publicidade.png venda.png
videos recentes.png

Junho 2017

D
S
T
Q
Q
S
S
1
2
3
4
5
6
7
8
9
15
17
20
23
24
28
29
30

Últimas da TC.F Informação

pesquisar na TC.F Informação

 

Arquivo TC.F Informação